Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

O Ser Humano é intrisecamente relacional.

Psicologia - Uma Paixão

Quando pensei o que gostaria de Ser, nunca hesitei que seria algo relacionado com o trabalho directo com Pessoas e tentando apoiar.
Motivada pelo gosto pela Saúde e desejando um contacto profissional próximo com os pacientes, ingressei no Curso de Enfermagem, percebendo na prática clínica, "no saber de experiência feito", que a minha Vocação era a da Psicologia. O que me interessava, já nessa altura, era a Relação e a Compreensão/Análise da Saúde Mental Humana.
Por estes motivos, afirmo que para se ser Profissional de determinadas profissões, se deve ter vocação e aptidão, e em primeiro lugar Gostar de Pessoas, efectivamente.
Penso que deveriam ser sempre efectuados Testes Psicotécnicos de avaliação para candidatos a Cursos que lidam com Pessoas, como o de Psicologia, Medicina, etc. Isto, porque tanto ou mais importante do que os conhecimentos científicos e técnicos, é a Relação Humana, como nos diz Carl Jung - "Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas …
Mensagens recentes

Bullying Psicológico

Um dia aprendi na Faculdade o que era a palavra "Assertividade" - Capacidade para nos impormos sem sermos agressivos.
Falando agora em Bullying, não serão aqueles que tentam impor-se, mantendo a sua personalidade junto do grupo de pares, que mais sofrerão de bullying?
O Ser Humano, sendo intrinsecamente relacional, tenta durante toda a sua vida em sociedade um equilíbrio instável entre a sua individualidade e o espírito de grupo ao qual pertence.
O agressor, manifesta geralmente traços de Psicopatia, utilizando defesas narcísicas poderosas, que mascaram muitas vezes uma enorme insegurança.
A vítima, frequentemente seleccionada por ser mais introvertida ou diferente, tenta espontaneamente ser ela própria, mesmo que fugindo aos padrões vigentes.
Sabemos que a Adolescência se caracteriza pela inclusão nos grupos de pares, como forma de separação da família de origem, em preparação para a fase adulta, para a independência.
Mas não perdurará este equilíbrio entre o individual e …

Psicólogos e Eutanásia

Eutanásia (do gregoευθανασία - ευ "bom", θάνατος "morte") é a prática pela qual se abrevia a vida de um enfermo incurável de maneira controlada e assistida por um especialista.

A Assembleia da República irá decidir sobre a Despenalização da Eutanásia no dia 29 deste mês de Maio.
Parece-me importante reflectir sobre o papel dos Psicólogos nesta temática.
Não irei expor a minha posição pessoal sobre a mesma, uma vez que não é esse o objectivo a que me proponho neste artigo.

A função de um Psicólogo compreende sempre a ajuda para o pensamento no sentido de um maior e melhor conhecimento pessoal, independentemente do sintoma apresentado pelo paciente e/ou do grau de desenvolvimento psicoterapêutico que cada pessoa pretende alcançar.
Deste modo, também nesta área da Eutanásia, se torne fundamental que a posição do indivíduo seja consciente e o mais de acordo com o seu Eu.

Para além desse maior auto-conhecimento, o papel destes Especialistas de Saúde Mental reside no apo…

Eurovisão da Canção e Psicologia

A maturidade leva-nos a observar e pensar de outros modos e a propósito da Eurovisão da Canção no passado sábado, apercebi-me melhor do que considero ser uma tendência, pelo menos dos portugueses.
Senti, mais uma vez, uma vontade "quase mórbida" em dizer-se mal daquilo que ainda era possível dizer-se mal (uma vez que a organização desta Eurovisão até correu tão bem), muito frequentemente expressado nas redes sociais (espaço privilegiado para quem tem dificuldades com a assertividade e o conflito, por ser virtual).
Parece-me que esta motivação para tudo se criticar e não de forma positiva, pode encontrar origem numa necessidade de atenção ou mais especificamente de CÓLO.
A minha experiência de mais de 20 anos como Psicoterapeuta, leva-me a sentir que o Ser Humano procura essencialmente um "cólo" (no sentido global da palavra). Alguém que se interesse genuinamente por ele, que esteja motivado para ser empático, que o apoie a lidar de uma forma mais feliz com o …

Sabe bem o que é um Psicólogo?

Da minha experiência profissional, nem sempre os pacientes sabiam o que era e qual a função de um Psicólogo.
Tenho-me vindo a aperceber que um maior conhecimento se tem expandido desde há alguns anos, nomeadamente através da comunicação social e devido também ao enorme número de licenciados portugueses nesta área dos últimos tempos.
Um Psicólogo é um profissional que se licenciou numa Ciência denominada Psicologia, que estuda o Comportamento Humano e que se destacou da Filosofia.
A função essencial de um Psicólogo ao fazer Psicoterapia é a de PENSAR em conjunto com o paciente. Pensar sobre os seus problemas, dificuldades, relacionamentos, sobre a sua vida.
Poderão perguntar, para que preciso de um Psicólogo se tenho um QI suficiente para pensar sobre mim? E até tenho alguém, familiar, amigo, com o qual posso fazê-lo.
Existe uma enorme diferença, saberão, entre pensar sozinho ou acompanhado, uma vez que se não tivermos interlocutor, será apenas a nossa subjectividade, sem confronto de …